A exposição "Campos de Vida" sugere uma combinação entre a história de Portugal e a arte contemporânea latino-americana. Sonia Falcone, artista boliviana, representou o seu país em duas edições da Bienal de Veneza. Aberta todos os dias exceto quartas. Bilhete de entrada do Palácio.