Entre várias obras de temas e qualidade heterogénea, a atestar o eclectismo característico do final do século XIX, destacamos as duas jarras-ovo com montagem em bronze, fabricadas entre 1846 e 1849 na Manufactura de Sèvres (França), com figuras célebres dos séculos XV e XVI da autoria de Alexis-Etienne Julienne. Foram oferecidas em 1856 por Napoleão III a D. Pedro V.
O papel de parede, executado em França segundo métodos artesanais, reconstitui o papel original criado por Tourquetil no século XIX.
A disposição desta sala ficou registada numa aguarela de Enrique Casanova, o que permitiu a sua reconstrituição em 1999/2000.