Aqui tinha lugar a cerimónia de Beija-Mão – na época, uma das mais simbólicas no protocolo de Corte – através da qual os súbditos demonstravam lealdade e obediência ao seu rei.
Os tronos são de origem portuguesa, do período joanino (2ª metade do século XVIII). No topo do espaldar têm as armas de Portugal rodeadas por dois anjos tenentes.