Ainda hoje é possível sentirmos a frescura do antigo ambiente, para isso contribuindo as peças expostas, como o mobiliário em madeira imitando bambú ou a floreira em talha dourada onde se escondem uma quantidade de pequeninos animais – caracol, sapo, borboleta, pássaros, entre outros – exemplo perfeito do cariz naturalista almejado para as artes decorativas.